E que tudo mais va pro inferno! Estrelas de Fevereiro Flutuando no Escuro...
sing out this song and i'll be there by your side

Seja Bem Vindo Ao Odisseu


Desvenda-me ou te devoro

Eu Vejo...
Evangelion - Death and Rebirth

Eu Ouço...
Ewan McGregor

Eu Leio...
Vinícius de Moraes

Posts
quarta-feira, novembro 06, 2002
...:: where do we go from here? the words are coming out all weird ::...

Essa parte do post eu direciono a algumas pessoas em especial. Tenho notado certa hostilidade, desprezo, qualquer coisa ruim do tipo em relação à minha pessoa por parte de outras. Portanto, pretendo deixar bem claro que, se há algo de errado, se há raiva ou descontentamento por culpa minha, esclareçam tudo a mim. Digam-me o que há, discutamos como pode-se resolver tais situações (se é que há desejo de resolvê-las). Porém, não fiquem apenas nutrindo sentimentos ruins por mim ou apenas falando pelas minhas costas, com alheios. Se vocês têm algum assunto pendente comigo, venham a mim para podermos solucioná-lo de forma bacana. Agora, se a intenção é continuar com essa atitude, desculpem-me, mas nada me resta a oferecer a esse tipo de pessoa além do desejo de que se foda e vá à merda.

Shine a light on me
So that everyone can see
That I wanna stay here
Indefinitely

_________Travis

All of the king's horses
And all of the king's men
Couldn't pull my heart back
Together again
All of the physicians
And mathematicians too
Failed to stop my heart
From breaking in two
'Cause all I need is you
I just need you
Yeah you got the glue
So I'm gonna give my heart to you

_________Travis

Trechos de duas das melhores músicas do cd The Invisible Band:
Indefinitely
The Humpty Dumpty Love Song


=)

Algumas frases de um e-mail baseado no site Humortadela que eu recebi:

"Viva cada dia como se fosse o último. Um dia, você acerta."
"Se você é capaz de sorrir quando tudo deu errado, é porque já descobriu em quem pôr a culpa."
=P

E vem aí: o site que ensina a você, no conforto de sua casa, como destruir e/ou criar um universo.
=)

Alguns parágrafos interessantes do livro Ideologias E Ciência Social, de Michael Löwy.

==> Começaremos por uma definição do método dialético que pessoalmente me parece muito agradável: "Eu sou o espírito que sempre nega, e isso com razão porque tudo que existe merece acabar". Quem utiliza esta expressão é o diabo de Goethe, quando se apresenta pela primeira vez a Fausto. Para Goethe, ela não se refere apenas ao diabo, é uma certa forma de manifestação do espírito humano.
Essa é uma boa definição da dialética, não só porque Goethe foi o seu percursor, mas também porque o Fausto de Goethe pode ser considerado a primeira grande obra da dialética, anterior a Hegel. Isto porque, em sua formulação, encontramos pelo menos um elemento essencial do método dialético, que é a categoria do movimento perpétuo, da transformação permanente de todas as coisas. <==

É por essas e outras que eu adoro a dialética. E agora a defendo mais que nunca. Terminando o capítulo...

==> Na medida em que se desenvolve um processo de conhecimento, ou um processo de transformação, ou um processo de prática social, inevitavelmente aparecem pontos de vista diferentes, contradições, concepções distintas, no seio mesmo de uma classe social, ou daqueles que compartilham de uma mesma visão de mundo. Isto é inevitável e é também necessário, é parte mesmo de todo o processo efetivo de conhecimento e transformação da realidade. <==

Provavelmente, algumas pessoas, pra variar, vão concluir que eu vi indícios de um certo radicalismo, de niilismo nesses trechos. Não. Mais uma vez, eu ainda não me considero um niilista. Ainda me vejo apenas como um revolucionário das revoluções.

...:: and i used to fly like peter pan , all the children flew when i touched their hands ::...
Postado por Pedro Lucas em 23:46

Powered by Blogger

Template desenvolvido por Blog Templates

Arquivo