E que tudo mais va pro inferno! Estrelas de Fevereiro Flutuando no Escuro...
sing out this song and i'll be there by your side

Seja Bem Vindo Ao Odisseu


Desvenda-me ou te devoro

Eu Vejo...
Evangelion - Death and Rebirth

Eu Ouço...
Ewan McGregor

Eu Leio...
Vinícius de Moraes

Posts
sábado, outubro 19, 2002
...:: yes, the future has been sold ::...

Hoje ouvi quase todo o cd novo do Bon Jovi na In Music. =P Puxa... bem, não posso dizer que é um ótimo cd, mas, com certeza, é um bom cd e bem melhor que o Crush... talvez melhor até que o Destination Anywhere, mas para dizer isso preciso de mais experiência com o cd. Bem, claro que nem se compara ao inigualável These Days.
Mas algo nesse novo cd me cativou muito. Devo admitir que reconheci certos estilos de outras bandas no cd, como Silverchair, Foo Fighters, The Calling e mais. É como se a banda estivesse tentando adaptar seu estilo aos mais atuais e... sei lá, de maior sucesso. Isso não é bom, óbvio. As letras também nem se comparam às antigas, embora eu tenha percebido algumas "referências" a músicas anteriores. As músicas estão mais rápidas (isso é legal), mas as lentas não têm tanta emoção como antes. Agora há algo que me impressionou muito: a guitarra bem mais agressiva de Richie Sambora. O pouco que eu ouvi me fascinou demais. E ainda há a boa e velha voz do próprio Jon Bon Jovi, que, como sempre, continua a me hipnotizar, seja a letra que for.
É mais um cd para a minha lista de "vou ter".
=)
Ei! Em uma música do cd, eu notei que a letra faz menções a músicas que EU escrevi! Poxa, vocês não imaginam a minha emoção ao ler e ouvir... é... é lindo...
:~)
Ah, os tão queridos The Bends, do Radiohead, e o do Lifehouse estão a caminho.
=)

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Bon Jovi
- open all night -

I saw you coming from a mile away
Trying to hide behind that pretty face
Bet my last dollar baby you been bruised
Poor little heart all black 'n' blue

Last thing you need's another pickup line
You must have heard them all a thousand times
God only knows what you been through
Believe me I been broken too

It aches, it breaks, it takes your breath away
I've been around that block a time or two

Baby, I don't want to fall in love with you
I try, try, try but I can't get around the truth
Please don't say my name, give this heart a break
I don't want to make the same mistake but it's too late
I'll leave on the light
These arms are open all night

I got your taste in the back of my mouth
I want to reach in and pull it out
And I'd be lying if I didn't say
When you're this close I'm afraid
Of the way I'll feel if I touch your hair
The way I'll miss you when you're not there
And that I'll see you when I close my eyes
It's too late, I've crossed that line

It breaks, it aches, it takes your breath away
I'll still be around come closing time

Baby, I don't want to fall in love with you
I try, try, try but I can only tell the truth
Please don't say my name, give this heart a break
I don't want to make the same mistake but it's too late
I'll leave on the light
These arms are open all night

It's 2 am, it's last call, baby. The barkeep's gone, I'll walk you home now
Save me, baby

Baby, I don't want to fall in love with you
I try, try, try but I can only tell the truth
Please don't make me beg, give this heart a break
I don't want to make the same mistake but it's too late
I'll leave on the light
These arms are open all night

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Agora possuo o cd que povoou meus desejos nos últimos dias: Blur - The Best Of. Sim, Blur. Aquela banda que toca a famosa "Song 2" e do clipe (que eu não vi ainda) que dizem ser tão fofo, "Coffee and TV". A banda cujo vocalista está no Gorillaz como "projeto paralelo" (por que eu sempre rio quando essa expressão é mencionada?). Ainda não posso dar uma opinião sobre o cd. Principalmente porque ele possui uma qualidade linda, possível graças a sua característica de coletânea. Blur é uma banda que costuma mudar (um pouco ou muito) o seu estilo em cada cd que faz. E um cd reunindo todas essas nuances é muito bom. É um cd com dezoito músicas, mais de setenta e sete minutos e tem as letras de todas as músicas. Só espero que eu goste dele tanto no mundo das coisas quanto eu gosto no mundo das idéias.
=P

Tender is the night
Lying by your side
Tender is the touch
Of someone that you love too much
Tender is the day
The demons go away
Lord I need to find
Someone who can heal my mind

_________Blur

Aê! Vida longa à trilogia de Uma Noite Alucinante!
Depois de tantos anos, revi o maravilhoso Uma Noite Alucinante 2. Sim!
=)
Nossa... eu não sei como descrever... eu passei a amar mais ainda a trilogia UNA. É incrível o que mentes criativas e bem dispostas podem fazer com uma idéia na cabeça e amor no coração.
Isso sem mencionar que me tornei o fã número um de Bruce Campbell, o ator principal no filme, interpretando Ash. O homem é bom demais! A interpretação dele é... não sei dizer... sei lá... inigualável, fascinante, embasbacante, extraordinária! Tanto que pretendo começar aqui (talvez terminar até o fim do post) uma campanha em prol da doação de, no mínimo, três oscars para Campbell. Ele merece, e muito mais!
=)
Agora, quando me perguntarem "qual seu filme favorito?", finalmente terei uma resposta e um enorme sorriso estampado no rosto:
--> Qualquer um da trilogia de Uma Noite Alucinante.

Ah! Acho que descobri o que fazer quanto a minha carreira de jornalista. Quem presta atenção ao que eu digo aqui, deve ter notado que não há o menor futuro para um jornalista tão subjetivo quanto eu e que mal consegue se expressar em palavras. Bom, acho que encontrei uma resposta que pode ser a certa: vou ser tipo o Massari e comentar sobre cds, shows etc. Além de tudo, ainda junta música ao meu trabalho! Lindo!
Antes que comecem a me criticar, eu não coloquei ainda uma análise minha aqui. Esses "projetos de críticas" não são o que eu diria.
=P

Espero que isso simbolize "relatos de um bobo alegre" =)

...:: now he's got morning glory, life's a different story ::...
Postado por Pedro Lucas em 00:51

terça-feira, outubro 15, 2002
...:: everybody is laughing, but i think everyone feels the same ::...

>>> esse é um post de momento... portanto, muita coisa aqui provavelmente deverá ser desconsiderada futuramente <<<

Há um probleminha comigo. Eu já falei antes, mas acho que talvez seja bom relembrar. Eu não sei me expressar direito. Não, não sei. Não consigo achar palavras para expressar sentimentos. Tenho medo da corrupção que pode sofrer uma emoção ao sair do mundo das idéias para o das coisas. Isso, às vezes, provoca mal entendidos, impressões errôneas... droga, pra variar me faltaram as palavras. Acho que tenho ouvido música demais...

Eu tenho um sonho. Não um sonho do tipo algo que eu quero muito alcançar na vida, mas tipo... uma fantasia, um sonho de quando se está dormindo mesmo, ou talvez até uma alucinação provocada por drogas. Eu quero muito me tornar um personagem de músicas. Tipo aqueles filmes em que alguém é transportado pra televisão ou para o cinema (é o novo esse filme) e vive um filme ou vários. Só que eu quero estar em músicas... sei lá... é algo que eu não consigo explicar... é algo que simplesmente é...

Por favor, não é minha intenção deixar alguém angustiado ou triste ou seja lá o que for. Pelo contrário. Aliás, eu me sinto voando quando alguém me diz que consigo levar felicidade, segurança, conforto, confiança, sinceridade... Quero fazer com que as pessoas cantem Lifehouse:
There goes my pain, there goes my chains
Did you see them fall, there goes this feeling
That has no meaning, there goes the world
Off of my shoulders, there goes the world
Off of my back, there it goes


Descobri que February Stars é mais do que eu pensava. E já era muito, quase tudo! De repente, vi as minhas músicas com outro coração.
Eu sou definitivamente uma Estrela de Fevereiro, flutuando no escuro com suas cicatrizes temporárias. Mas a escuridão é o bastante para que eu brilhe! E eu ainda vou cegar todo o universo com esse brilho!
...ou não...

É... vendo e ouvindo certas coisas... vi que minha vida não tem sentido... eu não tenho um objetivo, ou algo pelo qual eu tenha me dedicado toda a vida... como diria um americano, eu não tenho um 'goal'... aiai... isso é triste...
mas, por alguma razão, eu não me sinto tão vazio quanto deveria... não sei, ainda me sinto um tanto quanto feliz... então me pergunto: será que eu tenho algo na vida? algo que tenha me custado muita dedicação e esforço? será que isso é algo presente o tempo todo mas eu não noto? se é, o que é?

>>> pronto... daqui pra amanhã, eu já me discordo de tudo que disse <<<

...:: it got me nowhere, it brought me nothing but a good place to hide, and no one to confide in now ::...
Postado por Pedro Lucas em 01:22

Powered by Blogger

Template desenvolvido por Blog Templates

Arquivo